Auditoria na Caravana da Saúde garante lisura e eficiência na prestação dos serviços

  • Caravana da Saúde
  • 20/maio/2016 9:14 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) - Além de médicos, enfermeiros e atendentes que lidam dia após dia com pacientes que procuram atendimento oftalmológico na Caravana da Saúde, profissionais da área administrativa são fundamentais para o completo funcionamento do mutirão de saúde do Governo do Estado. Técnicos e médicos do setor de Controle, Avaliação e Auditoria, da Secretaria de Estado de Saúde (SES), trabalham horas a fio para a aprovação e pagamento dos procedimentos  realizados nas pessoas.

"Nosso papel  é garantir que o serviço seja prestado e que o pagamento seja feito de maneira correta", explicou a coordenadora estadual de Controle, Avaliação e Auditoria, Denise Lucena.

JBC_8836
Denise explica o funcionamento da aprovação das cirurgias

Segundo ela, a atuação da Auditoria é divida em duas partes: a autorização do procedimento feito no paciente e a autorização de pagamento à empresa que realizou o serviço. O acompanhamento é feito desde quando o paciente chega para a consulta no mutirão. Tudo para garantir eficiência e retidão da Caravana da Saúde, maior programa de saúde da história de Mato Grosso do Sul.

No primeiro momento, o trabalho da auditoria inicia com a consulta do paciente e o preenchimento, pelo médico, do laudo de exame físico ocular - documento que revela todos os dados do paciente. Esse documento chega à Auditoria, onde é aprovado para casos de encaminhamento cirúrgico. Após a aprovação, o paciente está liberado para a cirurgia.

A segunda parte do trabalho do setor de Controle, Avaliação e Auditoria é a análise dos documentos enviados pela empresa que realiza os atendimentos oftalmológicos para que o pagamento pelos procedimentos seja realizado. Nesse caso, o governo só paga pelos documentos corretos.

A empresa recebe por consultas, exames e cirurgias realizadas. Ainda de acordo com Denise, as cirurgias de catarata são pré-aprovadas pela Auditoria, sendo que antes da cirurgia ocorre a análise completa. Todos os outros procedimentos feitos na área da oftalmologia passam por criteriosa verificação.

Bruno Chaves, da Subsecretaria de Comunicação do Governo do Estado | Fotos: Jessica Barbosa.

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.