Bibliotecas de MS são selecionadas em programa internacional patrocinado pela Fundação Bill Gates

  • Cultura
  • Thereza Christina Amendola da Motta
  • 26/maio/2017 7:54 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) – As bibliotecas públicas municipais Francisco Alves Correa (Aquidauana); Dom Aquino (Naviraí); Rosário Congro (Três Lagoas) e a Professor Américo Rodrigues de Almeida (Rio Negro), foram selecionadas para participar do programa Conecta Biblioteca, patrocinado pela Fundação Bill & Melinda Gates e realizado pela Ong Recode e pela Caravan Studios.

O objetivo é incentivar a transformação social por meio das bibliotecas públicas, visando à sustentabilidade das ações e o aumento em 60% do número de novos visitantes dessas bibliotecas.

No Brasil o programa teve sua fase inicial em 2015/2016 atendendo a 48 bibliotecas em todo o País. Em março de 2017 foi lançada a segunda fase do programa, que contempla 92 bibliotecas públicas.

A convocatória recebeu 180 inscrições em todo o Brasil, sendo 55 vagas disponíveis para bibliotecas em municípios de até 250 mil habitantes e ao menos três computadores com Internet para os usuários.

O Conecta Biblioteca ancora-se em três pilares: sustentabilidade, fortalecimento das habilidades dos profissionais e aumento do número de usuários de bibliotecas. O programa tem previsão de término para 2020 e possui o compromisso de sistematizar todos os materiais produzidos, que serão disseminados entre as seis mil bibliotecas em funcionamento no país.

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso do Sul e as quatro bibliotecas do Estado selecionadas no programa vão participar do I Encontro Nacional do Conecta Biblioteca, que vai acontecer de 29 de maio a 2º de junho, em Barra do Piraí, no Estado do Rio de Janeiro.

Participam também representantes de 92 bibliotecas selecionadas no país, mais 27 coordenadores estaduais de sistemas de bibliotecas. Eles serão incentivados a pesquisar suas comunidades e mapear os interesses e demandas do público em geral, especialmente dos jovens, para identificar formas de contribuir com o desenvolvimento educacional e profissional da população.

Para o coordenador do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Estado de Mato Grosso do Sul - sistema que é vinculado à Fundação de Cultura de MS, Fábio Mota Queiroz, a importância do projeto é o seu caráter de valorização das bibliotecas. “Os bibliotecários vão passar por uma formação sobre o estudo das comunidades, uma capacitação para desenvolver nas bibliotecas um modelo de gestão participativa.

A partir desse encontro nacional, os municípios participantes receberão cursos de formação presenciais e a distância. O Sistema vai estar diretamente envolvido em todo o processo. Os gestores das bibliotecas vão desenvolver uma programação, como cursos, oficinas e webinar, a partir do interesse da comunidade, eles vão identificar o que as pessoas querem da biblioteca”.

Karina Lima - Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS)

Foto: Divulgação

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.