Com estrutura completa, hospital veterinário específico para animais silvestres é inaugurado hoje

  • Meio Ambiente
  • Natalia Yahn
  • 14/setembro/2023 7:54 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Com estrutura completa de centro cirúrgico, exames de imagens, laboratórios, além de áreas específicas para recuperação e de quarentena para aves, mamíferos e répteis, o Hospital Veterinário de Animais Silvestres do Centro de Reabilitação (CRAS) será inaugurado hoje (14), em Campo Grande.

O local recebeu o nome de ‘Ayty’ - palavra tupi-guarani que significa ‘ninho, cuidado, aconchego’ -, e é o maior da América Latina no atendimento exclusivo para animais silvestres.

O hospital foi construído em uma área anexa ao CRAS, com investimento superior a R$ 5,1 milhões, e vai modernizar o atendimento dos animais silvestres das mais diversas espécies que vivem no Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica, e que precisaram ser resgatados.

Animais silvestres

O CRAS foi criado em julho de 1987 para recepcionar, triar e destinar os animais silvestres apreendidos em operações de combate ao tráfico, atropelados nas rodovias que cortam Mato Grosso do Sul, ou entregues voluntariamente pela população.

O local foi um dos primeiros centros de atendimento à animais silvestres criados no Brasil e é, atualmente, o mais equipado da categoria.

Em mais de 36 anos de funcionamento, foram recepcionadas mais de 300 espécies, totalizando em torno de 41 mil animais. Deste total 68% são aves, 20% mamíferos e 12% répteis.

O CRAS é pioneiro no mundo em procedimentos avançados, como o implante de bico em uma arara canindé realizado com sucesso em março de 2020, que repercutiu nos meios científicos internacionais. O Centro de Reabilitação também fez uma prótese em impressora 3D para implantar em um mutum - pássaro de grande porte, que foi vítima de atropelamento.

Outra reabilitação marcante foi da onça pintada resgatada dos incêndios que atingiram o Pantanal, em Corumbá, em novembro de 2020. O mamífero teve as patas queimadas e o pulmão comprometido por causa da fumaça produzida pelo fogo. Batizado de ‘Jou Jou’, o animal foi recuperado e reinserido no bioma em janeiro de 2021.

Entre mamíferos, aves e répteis, atualmente, cerca de 250 animais estão em atendimento no CRAS, que recebe, anualmente, em média, 2,5 mil animais.

CRAS em Corumbá

Está em fase de processo de transferência de recurso para abertura da licitação, a construção do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres do Pantanal (Creapan), em Corumbá, que funcionará nos moldes do CRAS de Campo Grande no atendimento aos animais feridos, resgatados ou apreendidos na região.

A obra será realizada por meio de convênio, que foi assinado no dia 25 de julho. O Estado irá repassar para o município, recursos de aproximadamente R$ 4,1 milhões para a execução.

Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS

Fotos: Saul Schramm

Veja Também

NOTA OFICIAL

Com intuito de aprimorar e evoluir na prestação de serviços públicos à população sul-mato-grossense, o governo de Mato Grosso do Sul informa que o ex-delegado-geral de Polícia Civil, Roberto Gurgel […]

Últimas Notícias

NOTA OFICIAL

Com intuito de aprimorar e evoluir na prestação de serviços públicos à população sul-mato-grossense, o governo de Mato Grosso do Sul informa que o ex-delegado-geral de Polícia Civil, Roberto Gurgel […]

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.