Compromissos da Rumo/ALL com Mato Grosso do Sul devem ser claros e transparentes, diz governador

  • Geral
  • 18/maio/2015 11:33 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja afirmou, nesta segunda-feira (18), que os compromissos da Rumo/ALL com Mato Grosso do Sul devem ser claros e transparentes. A Rumo Logística passou a administrar a malha ferroviária do Estado depois de fusão com a ALL. O processo foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em fevereiro desse ano.

A afirmação do governador surgiu em resposta a quesationamentos da imprensa, que queria informações sobre a situação da malha ferroviária que corta Mato Grosso do Sul. Reinaldo disse que já entrou em contato, formalmente, com o Cade, com a Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e com o presidente da Rumo para conhecer as responsabilidades e compromissos da empresa com o Estado.

“A Rumo assumiu o papel da ALL, que é uma concessão pública. Eu espero que o Governo Federal não vire as costas para Mato Grosso do Sul. O Governo Federal tem a força de exigir da Rumo a manutenção e a reestruturação dos trilhos aqui da antiga Noroeste do Brasil. Por parte do Governo [do Estado], eu digo que nós vamos cobrar porque essa ferrovia é muito importante”, falou o governador durante a formatura de 107 sargentos da Polícia Militar, realizada no Comando Geral, no Parque dos Poderes.

Segundo ele, uma reunião com a bancada federal de Mato Grosso do Sul será realizada para debater a manutenção do serviço nas ferrovias. “Nós precisamos saber claramente quais são os compromissos da Rumo com Mato Grosso do Sul, que foram firmados quando ela assumiu essa nova concessão aqui”, completou.

Fusão

A ALL, maior empresa de transporte ferroviário do Brasil, e a Rumo Logística, que pertence ao grupo Cosan, atuante no mercado de exportação de açúcar pelo porto de Santos (SP), se associaram em fevereiro desse ano após aprovação do Cade. Juntas, as duas formam uma das maiores empresas de logística do País.

Foto: Chico Ribeiro

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.