Fórum Brasil Central: Reinaldo destaca controle sanitário para produção de alimentos

  • Geral
  • 18/dezembro/2015 2:20 pm
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) – O controle sanitário para a produção de alimentos, grãos e carnes, teve lugar de destaque na última reunião do ano do Fórum dos Governadores que integram o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (CBC). O governador Reinaldo Azambuja e os chefes de Estado de Mato Grosso, Goiás, Rondônia e Tocantins se encontraram nesta sexta-feira (18) em Porto Velho (RO) para debater projetos e interesses em comum entre os entes da Federação.

Reinaldo divulgou que os estados do bloco de desenvolvimento econômico são responsáveis por mais de 50% da produção de alimentos consumidos no Brasil e defendeu projetos atuantes nesse segmento. Segundo ele, o controle das condições sanitárias é uma prioridade da base de projetos estratégicos. “Uma das mais importantes”, disse o governador de Mato Grosso do Sul sobre a pauta.

Nesse sentido, o governador de Mato Grosso, Pedro Taques, falou sobre logística para escoamento da produção. Conforme Taques, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins têm localização estratégica, onde predomina o agronegócio. Por isso, a elaboração de pauta conjunta sobre exportações é fundamental. Para o governador Confúcio Moura, de Rondônia, aprimorar a atividade ainda contribui para elevar o Produto Interno Bruto (PIB) do País.

Ainda sobre logística, o governador de Goiás e presidente do Fórum, Marconi Perillo, lembrou a importância da criação de um banco de projetos de desenvolvimento nas áreas de infraestrutura de portos, hidrovias, ferrovias e rodovias. Segundo ele, também é imprescindível encaminhar proposta ao Ministério do Planejamento para que a União repasse recursos para, ao menos, três obras prioritárias em cada estado da região, além da liberação de uma parte dos recursos dos fundos constitucionais para financiar obras de infraestrutura.

Demais projetos

O governador de Tocantins, Marcelo Miranda, lembrou que o consórcio vem atuando para impulsionar o desenvolvimento econômico e social de maneira sustentável e competitiva da região, sendo que a maior vitória do bloco de dirigentes estaduais foi o pacto federativo, por meio do qual os governadores agem com um só ideal e buscam ser mais ouvidos.

Pedro Taques, governador de Mato Grosso, explicou que o fórum busca encontrar solução para necessidades nas áreas da saúde, infraestrutura e desenvolvimento regional, com a união de esforços, por exemplo, para criação de um consórcio interestadual de saúde. A iniciativa já desperta, segundo ele, o interesse de outros estados que observam na entidade a oportunidade para aprofundar o debate da reforma tributária com a União. A reforma traz como consequência maior endividamento para as unidades federativas que não podem continuar sendo tratadas como se fossem operadoras de cartão de crédito para pagar juros incalculáveis.

O governador Rodrigo Rollemberg, do Distrito Federal, foi representado pelo Chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio.

Acre

A sexta e última reunião do ano do Fórum dos Governadores que integram o CBC contou com a presença do senador Petecão, do Acre. A participação do parlamentar foi destacada pelo governador Reinaldo Azambuja, que falou sobre a importância do intercâmbio com deputados e senadores. Mais de 20 parlamentarem já apoiam as propostas do Fórum.

Petecão elogiou as propostas do Fórum e falou sobre a adesão do Estado do Acre, principalmente pela posição estratégica em relação à rota da rodovia transoceânica para o mercado futuro de exportação de alimentos para o continente asiático.

Bruno Chaves, da Subsecretaria de Comunicação do Governo de Mato Grosso do Sul, com informações de Abdoral Cardoso, da Assessoria de Comunicação do Governo de Rondônia | Foto: José Medeiros - Comunicação do Governo de Mato Grosso.

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.