Educação e Cultura promovem concurso para dar “voz” aos estudantes sul-mato-grossenses

  • Cultura
  • 08/junho/2017 10:38 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) – A secretária de Estado de Educação, Maria Cecilia Amendola da Motta, e o secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery assinaram nesta quarta-feira (8.6) o edital do Concurso para a produção do livro “Vozes da Juventude”, com o tema “Identidade sul-mato-grossense”, projeto que prevê produções que valorizem a identidade e fatos históricos de Mato Grosso do Sul.

A assinatura, no Memorial Apolônio de Carvalho, em Campo Grande, contou com a presença de diretores e estudantes de três escolas estaduais da Capital: Professor Emygdio Campos Widal, Maestro Frederico Liebermann e Professora Celia Maria Náglis. “Vozes da Juventude é, sem dúvida, um slogan em que todas as escolas deveriam estar atentas. Só traz ganhos poder apresentar à comunidade os talentos e pensamentos da juventude de nosso Estado”, afirmou a diretora da EE Prof. Emygdio Campos Widal, Fernanda Bucallon.

O concurso possibilitará o compartilhamento das impressões culturais e intelectuais dos estudantes, de maneira a humanizar e dar voz ao artista, propiciando aos envolvidos a sensibilização e a conscientização sobre a relevância dos fatos históricos. “Este tema, ‘vozes’, é muito importante. Todo mundo quer ser ouvido e, neste trabalho, quem mergulhar na escrita, no desenho, ou na poesia poderá expor seu sentimento e socializar com os outros”, explicou Maria Cecilia.

O concurso contará com a participação de estudantes do 8° e 9° anos do ensino fundamental e do ensino médio da Rede Estadual de Ensino, matriculados nas Escolas da Autoria e com os projetos: Avanço do Jovem na Aprendizagem em Mato Grosso do Sul (AJA/MS) e Seguindo em Frente. “Esse concurso é muito importante para a população saber que a secretarias de Educação e de Cultura estão desenvolvendo nos alunos o protagonismo e que, esses alunos, têm muito para mostrar para a sociedade”, destacou a estudante Lígia Campos Duarte.

Os estudantes poderão produzir poemas, crônicas, fotos, desenhos manuais, desenhos digitais e grafites, que serão julgados por uma comissão composta por representantes da Secretaria de Estado de Educação (SED) e Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania (SECC). “Esta integração da Cultura e Educação só é possível com vontade políticas e é isso que estamos fazendo. Temos uma exuberância neste campo e temos muita coisa para falar da nossa identidade”, ressaltou Athayde.

O link para inscrições e o regulamento estarão disponíveis, no site da SED, a partir de segunda-feira, 12 de junho.

Texto e foto: Emilia Sbrocco Dorsa - Secretaria de Estado de Educação (SED)

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.