Especialista em Economia Criativa lança livro na apresentação de nova superintendência de MS

  • Cidadania
  • nrodrigues
  • 23/junho/2023 11:19 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Lançamento de livro marca apresentação da Superintendência de Economia Criativa em Mato Grosso do Sul

Um dos maiores nomes da Economia Criativa do País, Cláudia Sousa Leitão, vem a Campo Grande, no próximo dia 28 de junho, para lançar o livro “Criatividade e emancipação nas comunidades-rede | Contribuições para uma economia criativa brasileira”, no auditório do Sebrae.

Mestre em Direito pela USP, doutora em Sociologia pela Sorbonne, e Secretária da Economia Criativa do MinC entre 2011 e 2013, Cláudia Sousa Leitão reúne na obra subsídios para formulação de políticas públicas de economia criativa no Brasil voltadas para a construção do desenvolvimento sustentável na perspectiva das sociedades em rede, com envolvimento e emancipação das populações em seus territórios para a superação da desigualdade, da violência e do autoritarismo.

Com apoio do Sebrae, o lançamento do livro apresentará a Superintendência de Economia Criativa de Mato Grosso do Sul, pasta ligada à Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania) que está trabalhando para promover e fomentar a economia criativa em todo o Estado.

A Superintendência de Economia Criativa vem construindo articulações junto às subsecretarias de Cidadania e as Fundações de Cultura, Turismo e Esporte, para atender à sociedade.

“A Economia Criativa é um conjunto de setores, de segmentos que têm na criatividade o seu principal recurso. É a economia das ideias que trabalha tecnologia, cultura, publicidade, design, gastronomia, artes e arquitetura”, explica o superintendente de Economia Criativa de Mato Grosso do Sul, Décio Coutinho.

MS como potencial

Para o superintendente, o Estado de Mato Grosso do Sul tem um grande potencial na área, já que o principal ingrediente da criatividade é a diversidade.

“Quanto mais diversidade você tem numa empresa, num território, numa cidade, num estado, mais criatividade você tem. O que a gente percebe é que Mato Grosso do Sul é o Estado de mais rica diversidade cultural do mundo”, enfatiza Décio.

Para potencializar a Economia Criativa, a Superintendência tem o papel de traçar estratégias de desenvolvimento para o Estado, de forma a transformar a riquíssima diversidade sul-mato-grossense em renda, ocupação e trabalho para as pessoas.

“Mato Grosso do Sul pode e deve liderar um processo nacional e mundial de economia criativa pela potencialidade e diversidade que temos. O livro da professora Cláudia traz os conceitos e histórico da economia criativa no mundo e no Brasil. É a base teórica que vai nortear o trabalho que estamos planejando para o Estado”, finaliza Décio.

Sobre a autora

Cláudia Leitão é mestra em Direito na USP e doutora em Sociologia pela Sorbonne (Paris V). Foi Secretária da Cultura do Estado do Ceará (2003-2006).  Secretária da Economia Criativa do MinC (2011 a 2013). Dirigiu o Observatório de Fortaleza do Instituto de Planejamento da Prefeitura de Fortaleza – IPLANFOR (2017-2020) e foi presidente da Câmara Setorial de Economia Criativa na Agencia de Desenvolvimento do Estado do Ceará - ADECE (2019-2020). É membro do Conselho Consultivo da empresa portuguesa Territórios Criativos (2020). É consultora associada do Instituto Alvorada Brasil; é consultora ad hoc em Economia Criativa para a Organização Mundial do Comércio - OMC e para a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento – UNCTAD. É consultora em Economia Criativa para o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae, para governos federal, estaduais e municipais, empresas privadas e outras organizações. É sócia do Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento. É professora do Mestrado Profissional em Gestão de Negócios Turísticos da Universidade Estadual do Ceará e Sócia da Tempo de Hermes Projetos Criativos.

O livro “Criatividade e emancipação nas comunidades-rede | Contribuições para uma economia criativa brasileira” é organizado e escrito por Cláudia Sousa Leitão em coautoria com Luciana Guilherme, Luiz Antônio Oliveira e Raquel Gondim, e é dedicado aos ministros Gilberto Gil e Celso Furtado (in memoriam) desde o seu título, já nos remete ao clássico Criatividade e dependência na civilização industrial.

Serviço:

Lançamento do livro “Criatividade e emancipação nas comunidades-rede | Contribuições para uma economia criativa brasileira”

Data: 28 de junho
Hora: Às 19h
Local: Auditório do Sebrae - Avenida Mato Grosso, 1661
Entrada: Gratuita

Paula Maciulevicius, Comunicação Setescc
Foto: Divulgação

Veja Também

NOTA OFICIAL

Com intuito de aprimorar e evoluir na prestação de serviços públicos à população sul-mato-grossense, o governo de Mato Grosso do Sul informa que o ex-delegado-geral de Polícia Civil, Roberto Gurgel […]

Últimas Notícias

NOTA OFICIAL

Com intuito de aprimorar e evoluir na prestação de serviços públicos à população sul-mato-grossense, o governo de Mato Grosso do Sul informa que o ex-delegado-geral de Polícia Civil, Roberto Gurgel […]

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.