GT de Fauna desenvolve nova metodologia para monitorar animais atropelados em rodovias

  • Infraestrutura
  • lgomes
  • 05/setembro/2023 5:19 pm
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Para aprimorar o trabalho do programa Estrada Viva – de prevenção de acidentes envolvendo animais silvestres em Mato Grosso do Sul, técnicos do Governo do Estado trabalham na elaboração de um termo de referência que será aplicado às amostragens de animais atropelados nas rodovias estaduais. A iniciativa é do GT de Fauna (Grupo de Trabalho de Fauna), que reúne instituições do governo estadual e também organizações não governamentais.

“Estamos discutindo uma nova metodologia de avaliação para aplicar no monitoramento das rodovias estaduais atendidas pelo Estrada Viva”, explicou o diretor de Meio Ambiente da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), Ednilson Lopes da Silva, nesta terça-feira (5), após mais uma reunião do GT de Fauna.

Além de ser aplicada às amostragens de animais atropelados nas rodovias estaduais, o termo de referência também será utilizado como aprimoramento de medidas de mitigação de obras em rodovias estaduais sujeitas ao licenciamento ambiental. “A elaboração está bem avançada. Pretendemos finalizar neste mês”, completou Ednilson.

Também fazem parte do GT de Fauna o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e o Icas (Instituto de Conservação de Animais Silvestres), além de outras instituições. O grupo objetiva propor a normatização das ações de gestão e manejo de fauna silvestre em Mato Grosso do Sul.

Monitoramento do Estrada Viva

Atualmente, 19 trechos de 16 rodovias estaduais são monitorados pelo Estrada Viva. Com acesso aos dados de atropelamento de animais, técnicos do programa conseguem propor medidas de redução de acidentes, como instalações de controladores de velocidade, de telas condutoras de fauna e de placas lúdicas que orientam os motoristas.

Entre as rodovias atendidas estão a Estrada do 21, entre Anastácio e Bonito; a Estrada Parque Piraputanga, em Aquidauana; e a MS-040, entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo.

Bruno Chaves, Seilog
Foto: Chico Ribeiro

 

Veja Também

NOTA OFICIAL

Com intuito de aprimorar e evoluir na prestação de serviços públicos à população sul-mato-grossense, o governo de Mato Grosso do Sul informa que o ex-delegado-geral de Polícia Civil, Roberto Gurgel […]

Últimas Notícias

NOTA OFICIAL

Com intuito de aprimorar e evoluir na prestação de serviços públicos à população sul-mato-grossense, o governo de Mato Grosso do Sul informa que o ex-delegado-geral de Polícia Civil, Roberto Gurgel […]

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.