PM qualifica policiais que deverão atuar no policiamento preventivo e ostensivo aéreo

  • Geral
  • Paulo de Camargo Fernandes
  • 07/março/2017 2:50 pm
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) - A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul iniciou nesta terça-feira (7) as instruções de qualificação do efetivo que deve atuar nas viaturas que vão acompanhar conjuntamente o helicóptero durante as operações de policiamento preventivo e ostensivo na Capital. A ação faz parte do parte do MS Mais Seguro, considerado o maior programa de investimentos da área de segurança pública já executado no Estado.

De acordo com o tenente coronel Rosalino Gimenez Filho, piloto e coordenador-geral do Policiamento Aéreo da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), esse treinamento faz parte do cronograma de implantação da nova modalidade de policiamento que está prevista para começar ainda neste mês março, por meio do Grupo de Patrulhamento Aéreo da PM em diversas regiões de Campo Grande.

“Nesta primeira fase, estão sendo capacitados 150 policiais de diversos batalhões e unidades especializadas da PM, que receberão uma capacitação específica e estarão aptos a atuarem em coordenação com a aeronave visando tirar o máximo de proveito durante as ocorrências e na execução do policiamento ostensivo e preventivo”, informou o tenente coronel.

O secretário da Sejusp, José Carlos Barbosa, informou que a intenção é empregar o  helicóptero diariamente em conjunto com as viaturas dos, principalmente nos horários e locais de maior incidência de crimes apoiando o trabalho que já é realizado pelos órgãos de segurança pública. “É importante destacar também que podemos utilizar essa aeronave em ações conjuntas com o Governo Federal, para combater o crime organizado nas fronteiras com a Bolívia e com o Paraguai”, frisou Barbosa.

A qualificação que acontece entre dias 7 e 9 de março, está sendo ministrada pelos policiais do Grupamento Aéreo, com objetivo de padronizar os procedimentos operacionais visando otimizar o emprego conjunto do helicóptero  e viaturas que realizam as rondas.

Reportagem Regiane Ribeiro Assecom/Sejusp

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.