PMA prende dois caçadores de anta em Água Clara; homens foram multados em R$ 10 mil

  • Geral
  • 03/novembro/2015 9:27 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) - Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas realizavam fiscalização ambiental ontem (2), na cidade de Água Clara, e prenderam dois caçadores por abate de uma anta. Os policiais chegaram em uma serralheria de propriedade de um dos caçadores no momento em que os criminosos realizavam a desossa do bicho e parte da carne já estava separada.

Os infratores haviam abatido o bicho na zona rural do município de Água Clara, nas proximidades da BR 262, com utilização de um revólver calibre 38, o qual não possuía documentação. O animal abatido e o revólver foram apreendidos.

Os caçadores, um de 30 anos, residente em Água Clara e outro de 45 anos, residente em Três Lagoas receberam voz de prisão e foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Água Clara, onde eles foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma e por crime ambiental de caça ilegal. A pena para o porte ilegal é de um a três anos de detenção. A pena prevista pelo crime ambiental é de um ano e meio de detenção. A PMA também efetuou um auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 5.000,00 contra cada autuado.

Assessoria de Comunicação da PMA.

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.