Rede Estadual de Ensino terá 2 escolas em tempo integral em Campo Grande com 635 vagas

  • Geral
  • 05/janeiro/2016 4:24 pm
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) – O ano letivo de 2016 começa em fevereiro com novidade para mais de 600 alunos da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul (REE) que estudam em Campo Grande. Depois de meses de análises, que iniciaram em 2015, a Secretaria de Estado de Educação (SED) implantou a modalidade de ensino em tempo integral nas escolas estaduais Waldemir Barros da Silva, nas Moreninhas, e Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, no Jardim Tarumã. Serão 320 vagas na primeira escola e 315 na segunda. A intenção é capacitar os jovens estudantes, aliando o método tradicional com a educação pela pesquisa e autonomia.

Detalhes sobre o novo modo de ensino foram divulgados nesta terça-feira (5) pela secretária estadual de Educação, professora Maria Cecília Amendola da Motta, e pela coordenadora da implantação do ensino em tempo integral, a professora Maria Sakati. Conforme Cecília, já existem na REE as escolas ditas de tempo integral, que fazem parte do projeto “Mais Educação” e oferecem música, esporte e teatro no contraturno. “O que nós estamos implantando agora é um modelo diferenciado de educação integral em tempo integral. A diferença está no currículo”, disse.

JBC_9780
Secretaria de Estado de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta | Foto: Jessica Barbosa

Em outras palavras, a coordenadora Sakati explicou que os alunos terão aulas de disciplinas tradicionais e atividades curriculares, “com momentos de pesquisa, oficinas, laboratórios e biblioteca”. Em ambas as escolas, o turno começa às 7h e segue até às 16h30, de segunda a sexta-feira, com horários para os lanches da manhã e da tarde e para o almoço. Na Escola Estadual Waldemir Barros da Silva, a educação em tempo integral será para alunos do 1º e 3º anos do Ensino Médio. Na Escola Estadual Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, crianças e jovens da 8ª e 9ª séries do Ensino Fundamental e 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio estudarão em tempo integral.

E.E. Manoel Bonifácio Nunes da Cunha
Escola Estadual no Jardim Tarumã terá 315 vagas no ensino em tempo integral | Foto: Chico Ribeiro

Ainda de acordo com a secretária Cecília, a intenção é expandir a modalidade de ensino para outras escolas da Capital e do interior em 2017. “Essas duas escolas serão uma experiência que temos certeza que vai dar certo e que poderemos levar para cidades como Corumbá, Dourados, Três Lagoas e outras”, falou. O sistema de Educação em Tempo Integral foi um dos compromissos assumidos pelo governador Reinaldo Azambuja.

Bruno Chaves, da Subsecretaria de Comunicação do Governo do Estado | Foto destaque: Chico Ribeiro

 

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.