Reinaldo Azambuja discute arrecadação do ICMS do gás natural em Brasília

  • Rádio
  • 14/fevereiro/2017 4:42 pm
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

 

Durante agenda em Brasília, o governador Reinaldo Azambuja foi recebido pelo presidente Michel Temer. Na ocasião foi discutida a compra do gás natural boliviano pela Petrobrás – que contribuiu com a queda drástica na arrecadação do ICMS gerando déficit nos cofres de Mato Grosso do Sul.

O governador explica que o impacto foi ocasionado pela redução significativa no consumo do gás por parte da estatal.

Até 2014 a arrecadação do ICMS do gás representava 18% da receita do Estado, atualmente representa 11%. De acordo com Reinaldo Azambuja o risco é chegar ao patamar de 4% ou 5%.

Na tentativa de reverter o cenário negativo, a bancada sul-mato-grossense se propôs a encabeçar uma articulação junto ao presidente da Petrobrás, Pedro Parente, com o objetivo de garantir um teto mínimo e que satisfaça a necessidade de arrecadação, conforme esclarece o senador Waldemir Moka.

Durante a audiência, o presidente Michel Temer se mostrou sensível a solicitação do governador e da bancada do Estado.

Lívia Machado - Subcom

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.