Governador quer MS livre da aftosa sem vacinação com segurança

  • Sanidade Animal
  • Paulo de Camargo Fernandes
  • 02/maio/2017 11:19 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) - O governador Reinaldo Azambuja defendeu cautela sobre a mudança de status de Mato Grosso do Sul para área livre de aftosa sem vacinação, no lançamento da campanha “Vacinação Garante Bons Lucros”, que ocorreu no Circuito do Laço Comprido (CLC) nesta terça-feira (2.5), em Campo Grande.

O assunto vem sendo amplamente discutido por representantes dos produtores rurais em todo o Estado. Hoje, MS possui status de área livre de aftosa com vacinação, cobertura vacinal superior a 99% do rebanho e é referência no País. A meta é manter esse índice. Na campanha deste ano, 20 milhões de animais deverão ser imunizados.

Conforme Azambuja, a meta é que Mato Grosso do Sul chegue ao patamar de Estado livre de febre aftosa sem vacinação e esse ideal vem sendo colocado aos setores envolvidos. Mas, para isso é preciso segurança e a realização de um trabalho de sanidade sem pressa. “Eu acho que nós teremos um tempo maior ainda com vacinação continuando a área livre, mas reforçando a questão vacinação”, defendeu.

Entre as causas dessa cautela estão as fronteiras de Mato Grosso do Sul com outros estados e países vizinhos. Para o governador, um prazo maior para pôr fim à vacinação servirá para preparar melhor as questões sanitárias “para que a gente tenha uma total segurança de que se não tiver vacinação a gente possa manter o status sem febre aftosa no nosso rebanho”, enfatizou.

Na avaliação do diretor-presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Luciano Chiochetta, a continuidade da vacinação ainda é necessária não por medo, mas para garantir segurança ao futuro do agronegócio no Estado.

O rebanho de Mato Grosso do Sul é composto por aproximadamente 20 milhões de cabeças de gado, conforme a Iagro.

A solenidade de lançamento da campanha ainda contou com a presença dos secretários Jaime Verruck (Semagro) e Eduardo Riedel (Segov); do diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini; do superintendente federal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em MS, Celso Martins; e do deputado estadual Márcio Fernandes, entre outras autoridades. Confira mais fotos.

Danúbia Burema e Bruno Chaves - Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fotos: Chico Ribeiro

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.