Secretaria lança Campanha da Mulher Trabalhadora; em MS elas chefiam 4 em cada 10 famílias

  • Maio Amarelo
  • 03/maio/2017 9:00 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) - O Governo do Estado, por meio da Subsecretaria de Políticas para Mulheres, realiza neste mês de maio a campanha “Maio das Mulheres Trabalhadoras”. Em alusão ao Dia Internacional do Trabalho, a iniciativa prevê ações de combate ao assédio moral e sexual contra as mulheres, chamando a atenção da sociedade para o respeito nos ambientes públicos e de trabalho.

Em Mato Grosso do Sul, as mulheres são responsáveis pelo sustento de 36% das famílias. A cada dez lares, mais de três já eram providos por mulheres segundo dados do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010. E esse número tem aumentado ano após ano.

Para aumentar também a conscientização em relação ao respeito dessas trabalhadoras, a Subsecretaria de Políticas para Mulheres irá realizar durante todo o mês de maio ações como panfletagens, encontros, blitz educativa, roda de conversa e distribuição de material informativo. O objetivo principal é promover mobilizações educativas que ensinem mulheres e meninas sobre seus direitos. Além disso, a ação deve sensibilizar homens e toda a sociedade a discutir o tema e buscar a igualdade de gêneros, reduzindo os casos de assédio moral e sexual contra mulheres.

Durante os trabalhos será realizado também o “Encontro Estadual de Gestoras Municipais de Políticas para Mulheres”, onde essas gestoras receberão orientação sobre temas como assédio sexual e moral contra mulheres no ambiente de trabalho. A intenção é que elas levem essa discussão para cada um dos seus municípios.

Parceiros

O trabalho contará com a parceria da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Polícia Militar, Secretaria de Estado de Educação (SED), Fundação de Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), Secretaria de Relações do Trabalho/Ministério do Trabalho e Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). A expectativa é que a campanha alcance diretamente 7.025 pessoas e que elas sirvam como disseminadoras de informações sobre o assunto.

 Atividades previstas – Confira a lista de atividades a serem realizadas durante a campanha:

  • Blitz educativa: abordagem de pedestres e veículos com entrega de material contendo informações sobre assédio, na avenida Afonso Pena esquina com a 14 de Julho, em parceria com a 5ª Companhia Independente de Polícia Militar.
  • Mobilização em terminais de ônibus: Entrega de material contendo informações sobre assédio em nove terminais da Capital, em parceria com a Agetran.
  • Distribuição de material educativo contra assédio sexual e moral a mulheres que aguardam atendimento na Funtrab e MTE.
  • Palestras sobre o tema para alunos do Ensino Médio de duas escolas de Campo Grande.
  • Roda de conversa e distribuição de material a policiais civis lotados na Deam.
  • Exibição de filme e discussão sobre direitos trabalhistas para adolescentes da Unidade Educacional de Internação (Unei) Estrela do Amanhã, e internas do Presídio Feminino Irmã Zorzi.

Danúbia Burema - Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.