Segurança alimentar do MS receberá recursos para pesquisa com indígenas e atualização

  • Rádio
  • Thereza Christina Amendola da Motta Cance
  • 28/março/2017 11:04 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

O recurso será utilizado na atualização do Plano Estadual de Segurança Alimentar, na pesquisa junto à etnia Guarani-Kaiowá, na sensibilização do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional de MS nos 79 municípios e ainda na aquisição de veículo para o Conselho Estadual de Segurança Alimentar (Consea/MS).

Para a presidente da Caisan/MS e superintendente de Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Ana Lúcia Américo, o recurso vem em boa hora.

Ana Lúcia explicou que as ações mais inovadoras serão desenvolvidas dentro das escolas estaduais.

Para liberação, o projeto precisou ser aprovado pela Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), e Mato Grosso do Sul contará com prazo de 24 meses para execução.

Atualmente a Caisan/MS é composta por membros da Sedhast, Secretaria de Estado de Educação (SED), Secretaria de Estado de Governo (Segov), Secretaria de Estado de Saúde (SES) e Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Katiuscia Fernandes - Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.