Venda de passagem individual em ônibus de empresa de fretamento é ilegal, alerta Agems

  • Agems
  • lgomes
  • 31/julho/2023 4:00 pm
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

A venda de passagem individual em ônibus de empresas de fretamento é ilegal e configura transporte clandestino. O alerta é da Agems (Agência Estadual de Regulação), que fiscaliza, autua e retira de circulação veículos de transporte de passageiros não autorizados.

As linhas intermunicipais em Mato Grosso do Sul somente podem ser executadas por empresas e operadores autônomos devidamente autorizados, com veículos cadastrados e vistoria obrigatória em dia.

A atuação firme da fiscalização conseguiu reduzir significativamente a prática ilegal de empresas de fretamento fazendo linhas, especialmente em trechos como Corumbá-Campo Grande, Ponta-Porã-Campo Grande e outras ligações de longa distância.  “Mas é um cuidado permanente que o passageiro precisa ter: só comprar passagem de empresa legalizada, porque ônibus de fretamento ou de aplicativo colaborativo não pode fazer o serviço de linha”, alerta.

Fiscalização fortalecida

 As fiscalizações do transporte intermunicipal recentemente foram reforçadas, com o credenciamento, em junho, de mais uma empresa para o serviço de remoção e guarda de ônibus, vans ou carros particulares irregulares apreendidos nas operações. Sediada em Anastácio, a Hera Transportes atende a demanda de toda a região, incluindo Aquidauana, Miranda, Corumbá e Ladário.

A empresa é a segunda do ramo a ser credenciada pela Agems. O enfrentamento ao transporte ilegal de passageiros já conta com os serviços da Autotran, que possui pátio em Campo Grande e Dourados e atua em uma extensão região desses dois grandes polos.

Gizele Oliveira, Agems
Foto: Cleidiomar Barbosa/Agems

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.