Rose destaca plantão da Delegacia da Mulher em “Roda de Conversa” na Sejusp

Campo Grande (MS) – Durante projeto Roda de Conversa na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), na nesta quinta-feira (19), a vice-governadora e secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Rose Modesto, discursou sobre a importância da implantação da Delegacia da Mulher 24 horas, em funcionamento na Casa da Mulher Brasileira (Jardim Imá).

A delegacia era um compromisso do governador Reinaldo Azambuja e foi fundamental para a inauguração da Casa. “Fico feliz de poder estar aqui e dizer que hoje o que era promessa, se concretizou. Temos uma delegacia que atende 24 horas dando segurança e prestando um serviço especializado às mulheres que estão vulneráveis e buscam auxílio”, reforçou Rose.

A primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja, também presente no evento, destacou a importância da Casa da Mulher Brasileira como um refúgio para as mulheres que buscam apoio. “Na realidade não aumentou o número de denúncias. Hoje, as mulheres estão mais seguras para denunciar. Elas têm mais facilidades, pois encontram em um único lugar, acesso a todos os órgãos e departamentos públicos e jurídicos que precisam”.

A Roda de Conversa faz parte da programação do Mês da Mulher, desenvolvida pela Superintendência de Políticas Públicas para as Mulheres, ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast). Segundo Luciana Azambuja, gestora estadual das Políticas para as Mulheres, o projeto vai percorrer todas as Secretarias de Estado, debatendo políticas para as mulheres e levando informações para casos de denúncias.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Silvio Maluf, vendo a necessidade de apoio às servidoras que muitas vezes não buscam ajuda por questão de insegurança, designou duas psicólogas para atendimentos interno. “Sabendo dessa demanda, providenciamos o atendimento especializado por psicólogas, para ajudar as servidoras que sofrem de algum tipo de violência, questão familiar e de saúde”, assegurou o secretário.

Solange Mori (Assessoria da vice-Governadoria e Sedhast)

Foto: Leca

 

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.