Universidade Estadual lança campanha de integridade e ética na pesquisa

  • Uems
  • 12/abril/2017 11:29 am
  • Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

Dourados (MS) - Nesta segunda-feira (10), a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) deu início à campanha de Integridade e Ética na Pesquisa, com a palestra do professor Marcelo Krokoscz, “Integridade e Ética na Pesquisa: (des) honestidade na autoria científica”, e fez o lançamento da campanha publicitária e jornalística “Não foi você que escreveu, não é seu!”.

De acordo com o palestrante, Marcelo Krokoscz, que é coordenador do Programa de Iniciação Científica da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado - Fecap - São Paulo/SP e autor do livro “Outras palavras sobre autoria e plágio”, as pessoas não consideram o “jeitinho” corrupção, mas sim sorte. “Para o nosso imaginário, jeitinho não é corrupção, no nosso imaginário jeitinho é ação entre amigos, se alguém encontrou um amigo em uma fila é uma sorte muito grande. Nós estamos banalizados com esta coisa de quem pode mais chora menos, é o nosso modo, o nosso trato cultural, então, isto precisa começar a mudar.  Dessa forma, a gente precisa mudar, com um trabalho sério dentro da academia”.

Krokoscz ressaltou que a iniciativa da Universidade é o que se espera na reflexão sobre o assunto “está sendo modelo para outras instituições, pois, antes de cobrarem dos alunos é preciso propor o que é de forma clara, pública, institucionalizada e é o que vocês estão trazendo, uma campanha institucionalizada sobre o assunto”.

Comunidade acadêmica prestigiando a palestra e o lançamento da campanha de integridade e ética na pesquisa.

Para o reitor da Uems, Fábio Edir dos Santos Costa, este é um tema bastante delicado, mas que precisa ser enfrentado e bastante discutido. “Existe alguns limites daquilo que é aceitável, daquilo que é ético ou não. E nada mais atual no mundo em que vivemos, no nosso cenário político atual, nós precisamos dar o exemplo e aqui na nossa universidade, nós queremos sem dúvida estar na vanguarda do assunto e mostrar para a sociedade de uma forma clara e transparente como se trata a questão da propriedade intelectual”, destacou o reitor.

Segundo a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Luciana Ferreira da Silva, esse tema é fundamental, “iniciamos o lançamento de uma campanha que tem como meta, dentro da nossa política, que seja ação permanente, porque é uma discussão que é nacional e dentro do Centro-Oeste todas as universidades estão iniciando esta discussão dentro de um movimento de trazer para a comunidade esse tema”.

Conforme o assessor de Comunicação e coordenador da campanha, André Mazini, “não foi você que escreveu, não é seu”, a ideia foi utilizar o humor para discutir o assunto. Quando pensamos na campanha descartamos a ideia de fazer uma campanha pesada do tipo ‘Plágio é crime e você vai para a cadeia’, porque este engajamento é muito limitado. Então, tentamos usar uma linguagem mais leve para fazer a campanha publicitária. É uma mensagem muito simples, ‘não foi você que escreveu, não é seu!’, não usa ou se usar dê a referência”, explicou.

A campanha publicitária foi interpretada por estudantes do curso de Artes Cênicas, da Universidade, de Campo Grande. Para acessar o conteúdo jornalístico e os vídeos publicitários produzidos, acesse neste link.

Todo o trabalho é uma realização da Uems, por meio da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP), da Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (Proec), da Assessoria de Comunicação Social, do Comitê de Ética, do curso de Artes Cênicas, com o apoio do Projeto Mídia & Ciência da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect).

Texto e fotos: Eduarda Rosa - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems)

Veja Também
Últimas Notícias

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.